Logo

Atendimento de segunda a sexta, das 08:00 às 17:00.




Período de chuvas exige cuidados redobrados contra a Dengue

Período de chuvas exige cuidados redobrados contra a Dengue

A Prefeitura de São Sebastião do Paraíso realiza inúmeras ações como mutirão e campanhas para conscientizar e eliminar possíveis focos ou criadouros de mosquitos transmissores. Agora, durante o período de chuvas, os cuidados para evitar a propagação do mosquito Aedes Aegypti devem ser redobrados.

O período do verão é o mais propício à proliferação das larvas do transmissor da Dengue, Zika,  Chycungunya, e consequentemente, é a época de maior risco de infecção por essas doenças.

Qualquer reservatório que possa acumular água é um potencial criadouro do mosquito. É importante que todos façam uma ação de combate por meio da limpeza desses locais.

 

Locais preferidos do Aedes Aegypti:

 

– Aparadores de água de filtro;

– Pneus;

– Bandejas de ar condicionado e geladeiras;

– Caixas d’água;

– Caixas de passagem de água e calhas;

– Hortas e vasos em janelas e sacadas;

– Lajes;

– Lonas de cobertura;

– Móveis de jardim;

– Piscinas sem uso;

– Sucatas e objetos expostos ao tempo;

– Tanques, pias e ralos.

 

Como combater o mosquito:

– Acondicionar corretamente o lixo.

– Colocar areia nas bordas dos pratos de plantas e flores.

– Limpar o bebedouro de cachorros e gatos.

– Remover as folhas e galhos, elas podem entupir as calhas de água.

– Manter a caixa d’água sempre tampada.

– Limpar lajes e locais que acumulam água.

– Jogar latas, garrafas pets, copos e embalagens plásticas em sacos de lixo fechados.

– Não deixar pneus acumulados em áreas externas.

 

Orientações:

Não existe tratamento específico para a Dengue, Zika e Chikungunya. A orientação do Ministério da Saúde é que, na presença de qualquer sintoma, o paciente procure a unidade de saúde mais próxima. Além disso, deve fazer repouso e ingerir bastante líquido durante os dias de manifestação de sintomas. Alguns medicamentos, como ácido acetilsalicílico e outros anti-inflamatórios, podem aumentar complicações hemorrágicas, principalmente em caso de dengue. Por isso, ao apresentar os sintomas, a pessoa não deve se automedicar.

 

Fonte: http://www.ssparaiso.mg.gov.br/noticias/3625